Total de visualizações de página

quarta-feira, 26 de maio de 2010

A COPA DO MUNDO E A ÁFRICA DO SUL

Nos próximos dias estarei de novo embarcando para a África.


Não é apenas pelo futebol, ou poderia até dizer que o futebol foi a perfeita desculpa que obtive para voltar a este continente.

Lembro-me que em minha primeira viagem à África, minha emoção era tanta, que não conseguia dormir direito uns 15 dias antes.

http://3.bp.blogspot.com/_mif5WOEqq9k/R9_73eMcQSI/AAAAAAAAABQ/iFg5gsHE7rY/S600/richard+f+burton.jpg


O berço da civilização parece que tem um magnetismo que só quem conhece entende.


Lembro-me dos conquistadores ingleses, como o meu ídolo de leituras juvenis Richard Burton-não o do cinema- cujo feito de descoberta das nascentes do Nilo são uma de suas lendas.

Burton era um daqueles homens geniais que unem uma inteligencia impar, com conhecimento de línguas estrangeiras extraordinário, fora a capacidade de conhecer à fundo a cartografia, a história e outras fontes do conhecimento humano.

A minha África é a do Burton e de suas incríveis aventuras. Com as facilidades do mundo moderno, tudo fica bem mais alcançável. O continente está logo ali do lado, após 9 horas de vôo pela excelente South African Airways. Pena que não há voos para a Cidade do Cabo diretos, seriam somente umas 6 horas de viagem. Somente a Malaysian Airlines faz este voo, duas ou três vezes por semana, partindo de Buenos Aires.

Uma vez na África, impressiona cada detalhe.

Sem dúvida, sua geografia, sua fauna e flora são o maior encanto, que nos entorpece assim que começamos a viver seus primeiros dias.

Mas o que o marcará mais será o lado humano. Seja no aspecto da simpatia de suas diversas etnias, seja nas deliciosas diferenças entre elas, seja na riquíssima cultura que o atingirá não somente os olhos, por seus lugares, pessoas e arte; mas também seus ouvidos, com suas músicas e sons tão diversos e diferentes.

Portanto, se você terá o prazer de visitar esta terra mágica durante a maior festa da humanidade: a copa do mundo da FIFA; sinta-se feliz.

Largue os preconceitos e crie seus próprios conceitos. Você certamente há de querer voltar...


 
Livros de Richard Burton:
 
Brodie, Fawn, The Devil Drives: A Life of Sir Richard Burton (London, 2002)

Kennedy, Dane, The Highly Civilised Man: Richard Burton and the Victorian World (Harvard, 2005)
Burton, Sir Richard, To the Holy Shrines (extracts from Personal Narrative of a Pilgrimage to Al-Madinah and Meccah) (London, 2007)

Filme:
Mountains of the Moon, Momentum Pictures, 1989

Nenhum comentário:

Postar um comentário